Setembro Amarelo Kids: raiva e frustração


Raiva e Frustração

Oi tudo bem? Hoje eu quero apresentar para vocês o Bravo. Ele é um raio e representa a RAIVA. A raiva é uma das emoções negativas mais comuns que existem, Ela surge quando em meio a conflitos interpessoais, frustrações ou quando somos tratados injustamente.

Existem crianças que sofrem com a raiva. Quando as coisas não saem do jeito que elas querem arremessam objetos para longe, mordem um amigo, se jogam no chão, choram de tanta raiva, amassam um papel com uma atividade que não estão conseguindo fazer ou gritam para conseguir o que querem.

As lembranças do passado e a raiva podem voltar em nossos corações.

Digamos que você tentou montar aquele brinquedo bem difícil de montar no passado e não conseguiu. Agora você está tentando novamente. No momento em que se sentir dificuldade de montar o brinquedo, você se lembrará imediatamente de que falhou em sua tentativa anterior. Reviver, lembrar dessa falha pode deixá-lo com raiva e sugar toda a sua energia. Assim, aumentando suas chances de desistir (novamente).

Junto com a Raiva pode surgir a FRUSTRAÇÃO.


raiva e frustração

"A frustração é um estado emocional que ocorre quando um desejo ou uma necessidade não são realizados. Sua intensidade está diretamente relacionada ao tamanho das expectativas: quanto mais energia você investe para que algo aconteça, mais frustrado se sente quando as coisas não saem como planejado."

Explique para as crianças que o ganhar ou o perder, o fracasso e a vitória são parte do pacote da vida, e que esses momentos são fundamentais para que eles percebam o que podem melhorar, e que o desejo de ser melhor, de se superar, é o que move nosso coração, mesmo que naquele momento seja difícil de compreender.

Para vencer a frustração vamos precisar de tolerância que significa: ser tolerante e ter força de enfrentar o mundo.

A tolerância, do latim tolerantĭa (constância em sofrer), é um termo que define o grau de aceitação diante de um elemento contrário a uma regra moral, cultural, civil ou física.

Para trabalhar esse tema com as crianças vamos contar a história bíblica de Jacó e Esaú que está em Gênesis 27.


Jacó e Esaú

"Abraão e Sara tiveram um filho, a quem deram o nome de Isaque. Isaque era o filho que Deus lhes havia prometido. Isaque casou-se com Rebeca, e, após muita oração, Rebeca engravidou de gêmeos. Seus filhos se chamaram Esaú e Jacó. Eles eram muito diferentes um do outro.

Enquanto Esaú, o primogênito, era muito cabeludo e gostava de estar no campo caçando, Jacó não tinha muitos pelos pelo corpo e gostava mais de estar em casa."


Jacó e Isaque

Isaque já estava velho e os seus olhos mal podiam ver. Ele chamou Esaú e lhe falou:

– Esaú, meu filho, prepara uma caça para mim, um ensopado de carne como eu gosto. Depois vem até aqui para que eu te abençoe antes que morra.

Quando Rebeca escutou Isaque falando com Esaú, procurou por Jacó e contou o que havia escutado. Então pediu que Jacó matasse dois cabritos do rebanho e trouxesse para que ela preparasse um ensopado para Isaque:

– Assim teu pai vai te abençoar também!

Jacó respondeu:

– Mas Esaú é homem peludo e eu sou homem liso, meu pai vai notar a diferença e ao invés de me abençoar, irá me amaldiçoar.

– Meu filho, confia em mim. Apenas faça o que eu te digo.

Rebeca preparou o ensopado e vestiu a Jacó com casacos de Esaú, de modo que este parecesse ter mais pelos. E Jacó foi encontrar-se com seu pai.

– Meu filho, quem és tu? – disse Isaque

– Sou Esaú, teu primogênito.

– Mas como você achou a caça tão rápido?

– O Senhor me abençoou para que eu achasse.

– Chega mais perto filho, para que eu te apalpe e veja se és mesmo Esaú.

Isaque continuou:

– A voz é de Jacó, mas as mãos são de Esaú.


Isaque abençoa Jacó

Mas Isaque não reconheceu a fralde e o abençoou dizendo:

Eis que o cheiro do meu filho é como o cheiro do campo, que o Senhor abençoou; Assim, pois, te dê Deus do orvalho dos céus, e das gorduras da terra, e abundância de trigo e de mosto. Sirvam-te povos, e nações se encurvem a ti; sê senhor de teus irmãos, e os filhos da tua mãe se encurvem a ti; malditos sejam os que te amaldiçoarem, e benditos sejam os que te abençoarem. Gênesis 27:27-29

Depois disso Jacó se retirou e, em seguida, seu irmão Esaú se aproximou com a caça.

Isaque perguntou:

– Quem és tu?

– Teu filho Esaú, o teu primogênito.

Então Isaque estremeceu por dentro e exclamou:

– Então quem era aquele que estava aqui?! Ele me deu a caça eu comi e o abençoei com a benção da primogenitura!

E Esaú gritou com grande força:

– Abençoa também a mim pai!

– Teu irmão nos enganou e tomou a tua benção.

Esaú chorou e clamou a seu pai:

– Não sobrou para mim nenhuma benção?

E Isaque respondeu:

Eis que a tua habitação será nas gorduras da terra e no orvalho dos altos céus. E pela tua espada viverás, e ao teu irmão servirás. Acontecerá, porém, que quando te assenhoreares, então sacudirás o seu jugo do teu pescoço. Gn 27:40

Esaú odiou Jacó pelo que este lhe fizera e prometeu para si mesmo: “quando meu pai morrer, matarei meu irmão”.

A intenção de Esaú chegou aos ouvidos de Rebeca que advertiu a Jacó:

– Foge para as terras do meu irmão Labão Jacó, porque se não, teu irmão te matará. Mora com Labão até que passe a fúria de Esaú.

Explique que Esaú ficou com muita raiva a ponto de desejar matar o irmão.

Fale sobre a frustração dele ao receber a resposta do pai que não poderia abençoa-lo.


atividades raiva

Essas são as atividades de fixação do ensino.

Assista o vídeo no canal Mara Melnik para ver a aplicação dessa atividade.

Deus abençoe.

376 visualizações

 Brasil - Paraná - Curitiba: Caixa Postal 4029 CEP: 82501970  © Mara Melnik 2020 Todos os Direitos Reservados