Dinâmica casa na rocha, casa na areia

Atualizado: Jan 13



Resumo da Parábola

"Jesus conta a história de dois homens, um prudente e outro insensato. Ambos edificaram suas casas, porém, cada um deles edificou de uma forma, em um fundamento diferente. Um deles construiu os alicerces de sua casa sobre uma rocha, enquanto o outro construiu na areia. Jesus evidencia a diferença das duas construções, comparando-as com aqueles que ouvem e praticam a Sua palavra e os que fazem o contrário."

Fonte: https://www.esbocandoideias.com/2013/04/explicando-as-parabolas-de-jesus-os-dois-alicerces.html

A proposta da dinâmica é levar os participantes a meditarem sobre a prática dos ensinamentos dados por Jesus no Sermão do Monte e em toda Bíblia.

Ao final desse maravilhoso sermão que começa em Mateus 5 e vai até o capítulo 8 Jesus deixa preciosos ensinamentos sobre a vida cristã e a prática da Palavra de Deus. A prática desses ensinamentos devem fundamentar nossas vidas e é isso que o homem prudente faz, tornando sua casa (vida) uma forte edificação. O que não o faz é homem insensato, tornando sua edificação muito fraca e sujeita as intempéries da vida.

Nessa dinâmica vamos encorajar as crianças a meditarem nos ensinos da Bíblia e a buscarem por em prática tudo o que aprenderam.


Faça uma casa e coloque a inscrição CASA NA ROCHA. Ela representa a vida do HOMEM PRUDENTE que pratica a PALAVRA DE DEUS.

Para essa casa use as seguintes perguntas:


Faça uma casa e coloque a inscrição CASA NA AREIA. Ela representa a vida do HOMEM INSENSATO que não pratica a PALAVRA DE DEUS.


Para essa casa use as seguintes perguntas:


Para responder se é casa na areia ou casa na rocha as crianças devem consultar as passagens sugeridas na Bíblia e posteriormente colocar as casinhas no lugar correto.

Deus abençoe

Mara Melnik


#PalavradeDeus #BíbliaInfantil #ebd #EducadorCristão #Liçãobíblica #CurrículodoMinistérioInfantil #dinâmica #aprenderbrincando #Preparoparavida #CultoInfantil #ProfessoresMinistérioInfantil #MinistérioInfantil #contaçãodehistórias #Dicasparaprofessores #crianças

0 visualização