Bullying na igreja?

Atualizado: Jan 13



Nesse final de semana algo me chamou muita atenção em uma das palestras que ministrei. Educadores Cristãos perguntando sobre como trabalhar o bullying em suas aulas nas igrejas. Infelizmente esse problema está em todos os lugares e precisa ser combatido.

É necessário tratar a vítima e o agressor.

- Como ajudar a criança que está praticando bullying:

A Bíblia diz em Provérbios 22:15:

" A tolice mora naturalmente no coração das crianças, ...!"


Na sequência do versículo é apresentado a necessidade de disciplina pelo qual as crianças devem passar. Isso mesmo, Educadores Cristãos, precisamos ensiná-las que isso é pecado, que desagrada o coração de Deus.

No texto bíblico do Sermão da Montanha em Mt 5,22 diz:

" ...; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; ..."

Jesus estava referindo-se as consequências que esta palavra poderia causar na pessoa a quem era dirigida. Esse efeito é que determina a sentença. O agressor precisa pensar e conhecer o dano que o uso de palavras ofensivas podem vir a causar. Tais atitudes podem levar a pessoa a fazer uma introspecção de um conceito falso sobre si mesma e até excluí-la do ambiente em que ela vive por causa da vergonha, por exemplo. É necessário que a criança ou adolescente conheçam as consequências dessa prática. Conscientizando-se que:

1- Ele peca contra Deus, lembrando que esse pecado tem consequências

2- Ele magoa quem ele ofendeu podendo trazer prejuízos incalculáveis para essas pessoas.

O que fazer então? Ensiná-los a pedir perdão ( a Deus e a vítima) pelo que estão fazendo e não praticar mais o bullying.


- Como ajudar a criança que está sofrendo bullying:

A primeira coisa a fazer é trabalhar a autoestima e a identidade da criança ofendida como Filha amada de Deus (João 3:16).

Ajudá-la a desenvolver sua resiliência.

O que é resilência:

“Na área da psicologia, a resiliência é a capacidade de uma pessoa lidar com seus próprios problemas, vencer obstáculos e não ceder à pressão seja qual for a situação. É a capacidade de adaptar-se as mudanças e a momentos de adversidade positivamente.” (Fonte: http://verbodavida.org.br/lista-blogs/mana-dos-tios/eu-sou-resiliente/)

Aconselhe as crianças a não se importarem com o que dizem a seu respeito.

" Se te mostras fraco no dia da angústia, a tua força é pequena."

Provérbios 24:10

Ensiná-la a não demonstrar incômodo com apelidos e xingamentos. Diga para ela tentar manter-se calma, não demonstrando que os apelidos e ofensas a atingem (João 16:33). Quando as pessoas que praticam bullying percebem que a vítima fica abalada, elas acham que estão no controle da situação e é esse o objetivo das dessas pessoas.

Uma excelente história bíblica para trabalhar esse assunto é Davi enfrentando Golias que está em 1 Samuel 17 e 18.

#bullying #aulabíblicainfantil

0 visualização